40º Brasileiro Livre – Resultado Final

8 de Agosto de 2013 at 17:25 Deixe um comentário

XL Campeonato Brasileiro de Futebol de Mesa

Foi com muito trabalho e entrega que a equipe do Clube Atlético 6 de Janeiro, de Florianópolis-SC, organizou e realizou nos dias 02, 03 e 04 de agosto de 2013, o XL Campeonato Brasileiro de Futebol de Mesa, individual e por equipes.

O evento foi realizado com muito sucesso nas dependências da recém reinaugurada nova sede do Clube Atlético 6 de Janeiro, e contou com a presença de 69 atletas de 5 Estados: Santa Catarina (anfitriã), acompanhada de Alagoas, Paraná, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

A competição individual estava dividida nas categorias Especial Livre e Sênior. Além da categoria por Equipes Livre, que contou com a participação de 7 agremiações, sendo:

CAMAG/Florianópolis-SC (agora Clube Atlético 6 de Janeiro), AFM/Caxias do Sul-RS, AFUMECA/Cascavel-PR, AFUMTIBA/Curitiba-PR, AFUMERG/Rio Grande-RS,Portuguesa/Rio de Janeiro-RJ e ECRSP/Rio de Janeiro-RJ.

Para coordenar o evento estava presente o Diretor Técnico Centro Sul, Weber Gomes- RJ, que também representava a Confederação Brasileira de Futebol de Mesa – Disco,além dos representantes locais, aqui registrados na pessoa de Marcos Aurélio Behr, ou simplesmente “Bal”.

bal

Marcos Aurélio “Bal”” Behr

A CBFM agradece a todos os participantes, pela conduta exemplar no evento, tanto individual quanto por equipes, e por ajudar na organização cumprindo os horários previstos sem registro algum de atraso no início das partidas.

Cabe também o registro de agradecimento à Banda do Exército do 63 BI, que abrilhantou a abertura oficial do evento com a execução do Hino Nacional e breve apresentação de outros 2 temas, e também à presença ilustre dos Presidentes do Clube Atlético 6 de Janeiro e do Conselho de Administração do Clube, respectivamente os senhores: Hildo Serafin e Francisco Paulokun.

exercito

Banda do Exército do 63º BI

Iniciada a competição, as mesas tiveram jogos com alto nível técnico, onde a vontade e concentração de alguns atletas novos contrastavam com a técnica de outros atletas veteranos, criando um inesperado equilíbrio em determinadas partidas, prendendo a atenção dos que ali estavam assistindo e competindo.

Os resultados das categorias começaram a aparecer já no primeiro dia de competições, quando a Competição por Equipes teve seu início e término realizados em um único dia.

O Estado sede, Santa Catarina, saiu como grande “vencedor” sagrando-se Campeão Brasileiro por Equipes de forma invicta. Em segundo Lugar ficou a equipe AFM de Caxias do Sul-RS e em terceiro lugar a AFUMECA, de Cascavel-PR.

equipe campeã

da esquerda para direita: Fernando, Careca, Bal e Ronaldo – EQUIPE CAMPEÃ!!!

No segundo dia de competições, as categorias Individuais, Especial e Sênior, encaminharam a primeira fase da competição, para ter as fases finais realizadas no terceiro e último dia. Neste Campeonato Brasileiro ficou consolidada a Taça de Prata, composta pelos atletas eliminados na primeira fase nas categorias Especial Livre e Sênior, e que se enfrentaram em sistema de mata-mata até a final.

A competição estava formatada da seguinte maneira em sua primeira fase:

Especial Livre: 10 grupos de 4 atletas e 2 grupos de 3 atletas, classificando 2 atletas de cada grupo para a segunda fase. Os 2 atletas eliminados poderiam disputar a Taça de Prata, bastando para tal, manifestar interesse;

Sênior: 5 grupos de 4 atletas e 1 grupo de 3 atletas, classificando 2 atletas de cada grupo para a segunda fase. Os atletas eliminados nesta fase também poderiam se inscrever para a disputa da Taça de Prata.

Na segunda fase, a formatação ficou assim configurada:

Especial Livre: 8 grupos de 3 atletas, classificando 2 atletas de cada grupo para as oitavas de final;

Sênior: 4 grupos de 3 atletas, classificando 2 atletas de cada grupo para as quartas de final.

A fase final (a partir das oitavas na categoria Especial e das quartas na Sênior) foi recheada de jogos equilibrados e tensos. Desta maneira chegamos nas semi-finais. Os confrontos na categoria Especial foram entre:

1- Bal (SC) x Jefersson (RS) e

2- Ítalo (SC) x Fernando (SC).

Na semi-final 1, com jogadas de cobertura beirando a perfeição, Bal superou o Jefersson, que jogava com a vantagem do empate devido à melhor campanha. O placar acabou sendo o mínimo: 1×0. Na outra partida, Fernando possuía a vantagem do empate contra o Ítalo e fez valer esta vantagem finalizando o confronto com um empate em 1 gol e classificando-se.

Na categoria Sênior, a semi-final foi entre:

1- Gilson (RS) x Moyses (RJ) e

2- Sabóia (RJ) x Rangel (PR).

Na primeira semi-final, Gilson venceu o Moyses por 2×0, não precisando se valer da vantagem do empate que lhe cabia. Na outra partida, Sabóia e Rangel provaram que estavam literalmente iguais na competição, empatando a partida e decidindo a vaga para a final nos pênaltis, classificando o Sabóia.

Finais. Na categoria Especial, Disputaram a grande final:

Bal (SC) x Fernando (SC).

O Fernando estava concentrado para a partida, mas estava difícil de arrancar esta das mãos do Bal, que já perseguia o título Brasileiro mais de perto chegando às semi-finais dos últimos três Campeonatos Brasileiros anteriores a este, e jogava pelo empate. Com um jogo preciso e objetivo, Bal não teve trabalho para encaixar a pressão e finalizar o confronto em rápidos 3×0, sagrando-se o grande Campeão Brasileiro Especial 2013! Na disputa do terceiro lugar, Ítalo venceu o Jefersson por 3×2 fechando o pódio.

premiados do especial

da esquerda para a direita: Bal – SC (campeão); Fernando – SC (vice); Ítalo – SC (terceiro) e Jefferson – RS (quarto)

Na categoria Sênior, o confronto foi entre:

Gilson (RS) x Sabóia (RJ).

A vantagem era do Gilson, devido à campanha. Assim como as semi-finais, a final desta categoria foi igualmente equilibrada, e o Gilson sagrou-se campeão com um 0x0, terminando a competição como Campeão Brasileiro Sênior 2013. Na disputa do terceiro lugar, Moyses venceu o Rangel por 1×0.

premiados do senior

da esquerda para a direita: Gilson – RS (campeão); Sabóia – RJ (vice); Moyses – RJ (terceiro) e Rangel – PR (quarto)

Em paralelo a fase final das categorias Especial e Sênior, estava correndo a Taça de Prata. Este torneio paralelo foi muito bem visto pelos competidores, e teve sua edição consolidada neste Campeonato Brasileiro de forma definitiva. A final foi entre:

Antônio (SC) x Daiam (RS).

Antônio estava focado e decidido a manter a quase totalidade dos títulos em disputa no Estado de Santa Catarina e jogou concentrado. A ponto de estabelecer um tranquilo 3×0 e definir o confronto. Completando o pódio da Taça de Prata ficaram Weber em terceiro lugar e Durval em quarto.

premiados da prata

da direita para a esquerda: Antônio – SC (campeão); Daiam – RS (vice); Weber – RJ (terceiro) e Durval – PR (quarto)

E Assim terminou a 40ª edição do Campeonato Brasileiro de Futebol de Mesa – Disco 1 Toque Livre. Um grande sucesso com diversos atletas de muitos lugares do País, a destacar os colegas de Alagoas, que prestigiaram o evento participando da competição. Do torneio, ficam algumas mensagens: Santa Catarina hoje é forte e competitiva na modalidade Livre, e comprovou isto vencendo praticamente todos os títulos em disputa. A cidade de Florianópolis abraçou os atletas, oferecendo estrutura para eventos deste porte ou maiores. Por fim, o Clube Atlético 6 de Janeiro deixa suas portas abertas à Confederação Brasileira de Futebol de Mesa e demais agremiações para torneios, amistosos, Competições de Grande Porte e porque não, uma visita amiga!

Todos serão sempre muito bem recebidos.

Valeu… e valeu muito! Santa Catarina agradece o prestígio e respeito proporcionados por todos! Parabéns a todos os atletas, especialmente os grandes vencedores e agora Campeões Brasileiros, que defenderão seu título na próxima edição da competição: Santana do Livramento 2014 – Um dos berços do Futebol de Mesa Brasileiro. O Futebol de Mesa em sua modalidade Livre, ou o nosso querido e tão conhecido “cavado” como é chamado nas mesas, continua VIVO. E muito VIVO!

trofeus br livre

Troféus do XL Brasileiro de Futebol de Mesa – Livre

 

Segue matéria em PDF: Reportagem no site

 

Matéria: Paulo Henrique Mendes – SC (PH)

Entry filed under: Brasileiro de clubes, Brasileiro individual, SC. Tags: .

40º Brasileiro Livre – Individual e Clubes – informações 40º Brasileiro Liso – Informações

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Agosto 2013
M T W T F S S
« Jul   Set »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Categorias


%d bloggers like this: